quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Justiça determina prisão preventiva de agressora de Leonardo DiCaprio

FAMOSIDADES

FAMOSIDADES



SÃO PAULO – A justiça norte-americana decretou a prisão de Aretha Wilson, acusada de agredir Leonardo DiCaprio com uma garrafada em 2005, e proibiu que ela se aproxime a menos de 500 jardas (ou 457 metros) do ator quando deixar a cadeia.

Na quarta-feira (4), o juiz Hilleri G. Merritt determinou que a canadense de 40 anos fique presa até o dia 11 de agosto, quando ela será devidamente julgada, e a proibiu de manter contato e chegar perto do ator e de duas testemunhas da agressão.

Na ocasião, o ator estava em uma festa privada em Hollywood, quando foi atingido por uma garrafa de cerveja quebrada. Por causa dos ferimentos, ele teve de levar cerca de 12 pontos no rosto e no pescoço.

Naquela época, Aretha estava sob liberdade condicional no Canadá por causa de outro crime e não se sabe o que a levou a agredir DiCaprio.

Além da prisão, Merritt elevou a fiança de US$ 60 mil (R$ 105 mil) para US$ 150 mil (R$ 263 mil), alegando preocupação com "a disposição e capacidade de ela voltar à corte" caso seja solta - já que ela fugiu para o Canadá logo após cometer o crime e permaneceu por lá até ser presa em janeiro deste ano e ser extraditada uma semana atrás.

Um comentário:

  1. BEM FEITO !!
    Quem mandou atingir um astro ??
    Pq naum atingiu a mãe ??

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...