sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"Meu passado me transformou em quem sou hoje", diz Sandy em início de turnê solo

Casa lotada, câmeras a postos e gritos de “Sandy Eu te Amo” antes mesmo da grande estrela da noite subir ao palco. Quando Sandy aparece no Citibank Hall, em São Paulo, na noite desta quinta-feira (25), para a segunda apresentação de sua turnê “Manuscrito”, o barulho foi ensurdecedor.


Claudio Augusto/Fotomídia
Sandy no palco do Citibank Hall, em São Paulo

Mas a ansiedade não é só do público. Antes de entrar em cena, Sandy contou que fica nervosa em todas as suas apresentações. “Fico com frio na barriga até em shows que já estou acostumada. Imagina iniciando uma turnê solo depois de três anos longe do palco”, afirmou a cantora, que confessou sentir falta da presença do irmão, Junior, no palco. “Sinto falta de dividir a responsabilidade com ele. Tenho que ficar mais ligada, mais atenta”. Em contrapartida, comemora o fato de poder dar ao espetáculo “minha identidade, minha cara”.

Claudio Augusto/Fotomídia
Antes de trocar de roupa e subir ao palco, Sandy conversa com a imprensa e recebe fãs no camarim

Mas Junior não está tão distante assim. Ele faz parte da produção do show e Sandy é só elogios ao irmão e antigo parceiro. “Ele é competente, profissional, muito bom no que faz. Por isso optei por seguir com ele na produção”.

Além do trabalho por trás do palco antes do espetáculo começar, Junior fez questão de conferir o show da irmã. Ele e os pais, Noely e Xororó, conferiram a apresentação junto com o restante dos técnicos de luz e som. Em vez de camarotes, optaram pela house mix, espaço reservado para mesa de som. Para chegar e sair do local, precisaram da ajuda de muitos seguranças por conta do assédio, já que precisavam passar pelo meio do público.

Orlando Oliveira/AgNews
Junior, Noely e Xororó conferem show da mesa se som. É dali que a mãe de Sandy puxa o coro de "mais um" quando a cantora entra para o bis.

Repertório

“Trago músicas que gosto de cantar e que são conhecidas do público”, afirmou a cantora que preferiu não optar por um som tão alternativo para que as pessoas pudessem cantar e vibrar junto com ela no show. Além das canções do novo álbum, Sandy interpretou sucessos de Legião Urbana (“Por enquanto”), Marisa Monte (“Beija Eu”), Lenine (“Hoje eu Quero Sair Só”), Corinne Bailey Ray (“Put Your Records On”), Oasis (“Wonderwall”) e Lulu Santos (“Casa”).

Claudio Augusto/Fotomídia
O público acompanha Sandy em todas as músicas, inclusive nas canções do novo álbum

Isso sem falar em algumas músicas da época da dupla Sandy & Junior, como “Quando Você Passa (Turu Turu)”. “Minha história me dá muito orgulho e alegria. Meu passado me contribuiu e me transformou em quem sou hoje”, afirmou Sandy, já no palco, enquanto recebia o carinho do público que esgotou os ingressos da casa de show para vê-la em cena.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...